Os devaneios aqui da je!

03
Mai 07
Esta rua é um fenómeno de cromos…é impressionante a quantidade de personagens existentes…
Este é o episódio do “São” Francisco…este à primeira vista, quem olha n pensa q dorme na rua, pelo menos eu só passado algum tempo é q descobri…anda sempre bem arranjado, fala sempre mto calmamente e com educação (aparentemente), vai ao florista (consta q ele tem um fetiche com o C…hihihi) buscar cravos para por na igreja… santo, bêbado e gay (q mistura explosiva) …. Faz questão de ter o crucifixo bem à vista de toda a gente…talvez para as pessoas acreditarem q foi deus q o salvou do abismo do álcool….tangas enfim…pq aqui à dias foi vê-lo a correr desvairado, gritando num português enrolado (efeito do santo álcool) passo a citar: “sua vacaaaaaaaaaaaa…ameaçaste-me com uma arma branca, sua vacaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa, n tenho medo de ti”! A Sra. (uma beata qualquer) ia num passo apressado a fugir…com a rua inteira a olhar para ela, desgraçada…lol
Passado um bocado volta à base…agarrado ao estômago, praticamente a cair pró lado tal n era a cardina e a gritar…”aiiiiiiiiiiii….aiiiiiii…bbbbbbbb…”, por momentos pensei q ia ao grego ali mesmo na porta da “santa” casa do senhor…pensei q aquele mau estar lhe desse uma lição, mas parece q n…no dia seguinte já andava na mesma….bem aquele fígado deve parecer um destroço…lol, desgraçado!!!
Mas é giro é vê-lo a ir ao florista C….é q o São Francisco derrete-se “toda”….Ai se o JC descobre….lolol!!!!
publicado por Filipa às 12:50

Nesta rua perdida no meio da cidade de Lisboa realmente há de tudo!
Há uma madame, já nos seus 70, penso eu, pequenina, pequenina, sempre montada nos seus elegantes saltos altos (sempre a dar com a toillete obviamente), e aí vai ela feliz e contente tal qual um piriquito , a abanar a cabecita (com a sua juba , modelo carapinha) com um ar muito curioso, sempre em busca da ultima cusquice da vizinha, insiste sempre que passa em se meter na conversa alheia e dar o seu bitaque , se não se passa cartão à piriquita , ela insiste em dizer o que vai fazer sem ninguém lhe perguntar absolutamente nada, ora interessa-me lá a vida da Sra.
Talvez pelo seu complexo de inferioridade (pequenininha ou quiçá algum recalcamento) a Sra. D. Piriquita gosta de se mostrar socialmente activa, ora vai almoçar com uns amigos, ora vai a um aniversario ou ainda muito mais chique é o ir a cascais, ai q horror sei lá, mas que bem a tia Piriquita .
A verdadeira cromo (piri) quita.
publicado por Filipa às 12:48

Deixei de fumar…yupi!!! E para compensar a nicotina vingo-me no pão com manteiga…pois é, e foi num desses raros momentos de prazer gastronómico em que estava a saborear a bela da carcaça no meu local de trabalho, dou por mim a ver pelo reflexo de um vidro o Sr. Mendigo no canto das arcadas (aqueles cantos mal cheirosos onde se gosta de urinar) em posição vertical e fetal…levantei-me e fui até à porta …aí estava o Sr. de calças para baixo e a largar o barro…mais vulgarmente conhecido como arrear o pastel!!
Nem queria acreditar no que estava a ver, logo quando eu estava no prazer “carcaçal”…bahhhh, o à vontade do Sr….
As Sras. beatas passavam e ficavam enojadas com tal cenário macabro, valha-nos deus!!! Havia um Sr. especado a ver aquele belo entretenimento, por amor da santa meus amigos!!!
Pois assim que acabou o Sr. Mendigo puxou as calças para cima e seguiu viagem como se na fosse.
Ora eu pergunto , não poderia o Sr. ter evitado tal espectáculo degradante e ter ido por exemplo ao jardim?! Se calhar na relva dava menos cana não?!
Eu sei que o Sr. é mendigo, mas com certeza em alguma circunstância da vida alguém lhe ensinou que aquilo não se faz em publico…
É o ser humano no seu pior.

publicado por Filipa às 12:30

Maio 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO